https://www.facebook.com/scasadasfrutas É Só Nesta Quarta e Quinta feira
Ministério Público pede a prisão de 17 vereadores na Bahia.

Ministério Público pede a prisão de 17 vereadores na Bahia.

Ministério Público pede a prisão de 17 vereadores na Bahia.

Além da condenação por associação criminosa e peculato, o Ministério Público pediu à Justiça a decretação de medida liminar para afastamento do cargo e indisponibilidade dos bens do presidente da Câmara de Vereadores, Oziel Araújo.

Itaberaba em Foco Itaberaba - BA

Postada em 08/02/2018 ás 15h45

FacebookTwitterGoogle+Compartilhar

Ministério Público pede a prisão de 17 vereadores na Bahia.

De acordo com informação do MP dezessete vereadores de Camaçari foram denunciados ontem, dia 07, pelo Ministério Público estadual por associação criminosa e peculato (apropriação de recursos públicos).


A denúncia foi oferecida pelo promotor de Justiça Everardo Yunes, que também ajuizou ação civil pública por ato de improbidade administrativa contra os vereadores e 18 servidores comissionados do Poder Legislativo Municipal, acusados de desvio de verbas públicas, e pediu a decretação da prisão preventiva de Oziel Araújo dos Santos, presidente da Câmara de Vereadores, para garantia da ordem pública e conveniência da instrução criminal.


Segundo o promotor de Justiça, os vereadores aprovaram em 2017 uma lei que aumentou os seus salários em R$2.578,45, mas o pagamento dos novos valores foi suspenso por força de uma liminar judicial deferida a pedido do Ministério Público em uma ação civil pública.


Por meio de uma “manobra fraudulenta”, o presidente da Câmara e demais vereadores acionados providenciaram meios de suprir os valores que deixaram de receber, afirma Everardo Yunes. Isso foi possível, segundo ele, porque Oziel Araújo exonerou 18 servidores comissionados ligados aos vereadores e os nomeou no mesmo dia para cargos com salários maiores.


O mais incrível e inacreditável foi que a diferença entre os salários desses servidores, antes e depois da exoneração, corresponde, de forma bem intrigante pela proximidade, aos valores que os vereadores receberiam se o aumento previsto pela Lei 1473/2017 não tivesse sido impedido por decisão judicial”, diz o promotor de Justiça na denúncia, afirmando que, após investigação realizada pelo MP, foi constatada que a diferença salarial de cada um dos assessores parlamentares é repassada para o respectivo vereador, em “claro desvio de verbas públicas”. O valor desviado até o momento é de R$ 489.200,60.


Além da condenação por associação criminosa e peculato, o Ministério Público pediu à Justiça a decretação de medida liminar para afastamento do cargo e indisponibilidade dos bens do presidente da Câmara de Vereadores, Oziel Araújo;  que seja declarada a nulidade dos 18 decretos de exoneração e nomeação dos servidores comissionados; e que todos os vereadores, servidores comissionados e presidente da Câmara sejam condenados ao ressarcimento dos valores recebidos a maior e às sanções previstas no art. 12, incisos I, II e III, da lei nº 8.429/12.

Outras Notícias

Prisão de Lula em Curitiba Ex-presidente está na sede da Polícia Federal do Paraná. Siga as últimas informações

Prisão de Lula em CuritibaEx-presidente está na sede da Polícia Federal do Paraná. Siga as últimas informações. ...

PIS/Pasep: Trabalhadores nascidos em maio e junho podem sacar abono a partir de quinta-feira

 Por G1 15/03/2018 08h35 Atualizado há 1 hora Os trabalhadores da iniciativa privada...

TCE abre inscrições para processo seletivo com salário de até R$ 13 mil

06/03/2018 14h25 Atualizado há menos de 1 minuto Tribunal de Contas...

PEDÁGIO EDUCATIVO ORIENTA SOBRE AS DOENÇAS SEXUALMENTE TRANSMISSÍVEIS

Servidores da Secretaria de Saúde de Luís Eduardo Magalhães realizaram hoje (8) um pedágio no centro da cidade, para ...

LUÍS EDUARDO MAGALHÃES ENTRE AS 100 CIDADES QUE MAIS GEROU EMPREGOS EM 2017

Por Valéria Bretas/ e Redação de O PORTAL VALLEDe acordo com o site EXAME, Luís Eduardo Magalhães foi a cidade que ma...

Tarifas de pedágios nas BRs 116 e 324 ficam 15% mais caras; confira novos valores

Tarifas de pedágios nas BRs 116 e 324. (Foto: Arestides Baptista/Agência A Tarde/AE) ...

O Grande Vinho da Puglia: San Marzano Sessentanni

 Primitvo é uma uva que tem caído cada vez mais no gosto do brasileiro. A minha explicação é simples: É um vinho...

Ludmilla faz fã mirim chorar

Ludmilla, também conhecida como Kátia, perdeu a paciência com os fãs.Não bastasse ter mentido seu nome para alguns ga...